Seja bem vindo à pneufree, a loja de pneus que só vende pela internet pelo menor preço do mercado.

Escolha o seu Pneu

Construção

Existem basicamente 3 tipos de construção de pneus: Radial, Diagonal e Diagonal Cintado.

1 - Radial: Pneus radiais são os melhores e mais modernos. São mais eficientes em termos de consumo de combustível, resistência ao desgaste, estabilidade, conforto e resistência à perfuração. A estrutura segue o sentido do raio da circunferência do pneu (daí a designação "radial"), e na banda de rodagem são dotados de cintas de aço e outros materiais (dependendo do tipo de pneu). São radiais 99,9% dos pneus utilizados em automóveis de passeio e pick-ups, SUVs e vans. Sempre levam a letra "R" na medida, imediatamente antes do aro (exemplo: 175/70R13)

2 - Diagonal: Pneus de tecnologia antiga, mas que são ainda muito utilizados em terrenos não pavimentados devido à sua capacidade de resistir a cortes laterais e ao baixo preço em relação ao radial. A estrutura segue um sentido diagonal em relação ao raio de circunferência. Sempre levam um traço ( - ) na medida, imediatamente antes do aro (exemplo: 7.50-16).

3 - Diagonal Cintado: Esse tipo de pneu une algumas características do diagonal (as lonas diagonais) e do radial (a cinta na banda de rodagem). Esse tipo de estrutura é geralmente utilizado em pneus de empilhadeira industrial, de máquinas florestais e outros tipos de serviço de baixa velocidade e grande necessidade de resistência a cortes e impactos. Também levam um traço ( - ) na medida, imediatamente antes do aro (exemplo: 6.50-10). O que os diferencia dos diagonais não cintados é a informação constante em outro lugar do costado do pneu sobre a existência de cintas.

Em veículos de 2 eixos, todos os pneus devem ter o mesmo tipo de estrutura. Em veículos com mais de 2 eixos, jamais deve-se usar pneus de estruturas diferentes em um mesmo eixo.